13/09/2017 às 10:21:00

Equilíbrio e revitalização de solo na cana-de-açúcar

Redação


 

Correto manejo no cultivo é fundamental para maior longevidade em canaviais

 

A Campanha “Somos Solo, Somos Sementes, Somos Mais Produtividade” do grupo Fertiláqua tem em um de suas frentes a busca pela conscientização no cuidado e na importância do uso dos solos brasileiros, visando uma agricultura de qualidade e com alta rentabilidade para o produtor.

 

No Brasil, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2015, o rendimento médio dos canaviais brasileiros foi em torno de 75 toneladas/ha, com uma produção total no país de 748 milhões/ton. Comparado a anos anteriores, a produtividade de cana-de-açúcar tem se mantido linear e o desafio dos produtores é evoluir este número e ter maiores números de cortes no ano.

 

Para aumentar o cultivo médio da propriedade, algumas medidas podem ser tomadas pelo agricultor como maior atuação no controle de redução de pragas e doenças e melhorias nas condições do solo que será preparado para receber cana-de-açúcar, uma vez que este último fator incide diretamente no crescimento e na qualidade da planta, e, consequente, na produtividade da lavoura.

 

Uma das opções, é o uso de condicionadores de solo que apresentam resultados positivos em solos deteriorados, compactados ou salinizados. Um dos objetivos dessa solução é proporcionar maior aeração e descompactação, além de maior retenção de água e ocupação pelas raízes.

 

Entre os manejos disponíveis, está também a utilização de ácidos orgânicos - fúlvicos e húmicos - no processo de revitalização da qualidade do solo, pois atuam na composição física e são um fonte de alimento para microrganismos. Entres os benefícios desse processo, aumento na produção orgânica, na liberação de nutrientes e maior eficiência em solos que foram adubados com fósforo.

 

Outro fator importante no cuidado de cana-de-açúcar, é a adubação de solo e a reposição de palhada, medidas que devem ser feitas no dia-a-dia do campo. Dessa forma, será possível conquistar uma melhora no perfil e no equilíbrio do solo e uma maior longevidade no canavial.

 

A Fertiláqua oferece inúmeras soluções e ferramentas de revitalização do solo em cana-de-açúcar para  que, no final do processo, o produtor obtenha plantas mais sadias e maior número de cana por metro linear em sua propriedade, apresentando maior potencial de produção e resultando em maior rentabilidade para seu negócio.

 

Sobre o Grupo Fertiláqua

Um dos maiores grupos de nutrição, fisiologia de plantas e revitalização de solo, a empresa Fertiláqua atua por meio das marcas Aminoagro, Dimicron, Maximus e das linhas Longevus no segmento de cana-de-açúcar, e Golden Seeds para sementeiras e produtores de sementes. A companhia pertence ao fundo de investimento Aqua Capital. Com mais de 300 colaboradores e presença em todo o Brasil, o Mercosul e a América Central, a empresa investe em pesquisa, tecnologia e inovação. A Fertiláqua conta com a sede administrativa em Indaiatuba/SP, fábricas em Cidade Ocidental/GO, Cruz Alta/RS e Cuiabá/MT, dois Laboratórios de Análise de Sementes (LAS) e um Centro de Inovação Tecnológica (CIT). O grupo disponibiliza uma iniciativa pioneira, o Programa Construindo Plantas (PCP), com ações específicas em cada fase das culturas, do plantio à colheita, para potencializar o desenvolvimento de plantas mais eficientes, e um solo com melhores qualidades físicas, químicas e biológicas, buscando com isso sistemas com maiores potenciais produtivos e consequentemente rentabilidade. Com o objetivo de reconhecer a qualidade das sementes de soja no mercado brasileiro, foi criado pelo grupo o selo Sementes de Verdade.  Mais informações no website: www.fertilaqua.com.

Assessoria

Enquete

Mural de Recados

Postar Recado