16/07/2018 às 16:53:00

ESSA É A HORA DO MARCELO, DIZ PREFEITO DE TRÊS LAGOAS NO EVENTO DA PRÉ-CANDIDATURA AO SENADO

Redação



“Essa é a hora do Marcelo Miglioli, ele está preparado e os municípios precisam dele para trabalhar pela gente em Brasília”, afirmou o prefeito Angelo Guerreiro, no lançamento da pré-candidatura ao Senado do engenheiro Marcelo Miglioli para a região leste do Estado, ocorrido na cidade de Três lagoas.

Guerreiro explicou que apesar de ter tocado mais de mil obras em todos os municípios e gerenciado quase R$ 5 bilhões, “nunca se ouviu falar de corrupção na gestão de Marcelo”. Ele salientou que sendo competente e realizador, Marcelo “não tem mancha, nem na vida pública, muito menos na sua empresarial, então ele representa o que nós queremos para nos representar: trabalhador e honesto”.

Na reunião que lotou o salão do Papillon Buffet, na noite e sexta-feira, 13 de julho, o prefeito Pedro Caravina, presidente da Associação dos Municípios de MS (Assomasul), se pronunciou na mesma direção. “Nunca os municípios tiveram tantas obras e nenhuma discriminação como na administração do Reinaldo e do Marcelo como secretário de Infraestrutura. Como prefeito de Bataguassu e presidente da Assomasul  posso testemunhar isso”, disse.

A reunião em Três Lagoas promovida por Marcelo Miglioli contou com a presença de lideranças de nove municípios da Costa Leste, inclusive os prefeitos de Paranaíba, Rinaldo Miziara, e de Santa Rita do Pardo, Cassildo Dagno, mais Caravina. O presidente do PSDB estadual, deputado Beto Pereira, abriu o encontro, que teve a presença da vice-governadora e pré-candidata a deputada federal, Rose Modesto, e do deputado estadual Paulo Correa. Também usaram a palavra os pré-candidatos a deputado estadual, vereador André Bittencourt, e o vice-prefeito Paulo Salomão, pré-candidato a deputado federal.  

Pelo menos 30 vereadores dos diversos municípios da região estavam presentes na reunião onde Marcelo apresentou a sua história em um vídeo recheado de manifestações de apoio dos prefeitos de Aparecida do Taboado, Robinho Samara; de Cassilândia, Jair Bonito; de Chapadão do Sul, João Carlos Krug; de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa, dentre outros.

SEGUIR EM FRENTE

Marcelo Miglioli disse que não o representa uma candidatura isolada, mas um projeto político liderado pelo governador Reinaldo Azambuja que vem transformando Mato Grosso do Sul, apesar da maior crise da história desse país. “Construímos mais de mil obras, sem nenhum empréstimo, e sem discriminar nenhum município. Estamos trabalhando em obras estratégicas para a vida das pessoas, como o Hospital Regional de Três Lagoas, que vão mudar a prestação de serviços de saúde na região”, explicou.

Ele disse que o Estado não pode voltar para trás, muito menos enveredar por arriscadas aventuras eleitorais, “quando tem uma opção segura e responsável de administração que deve continuar para o bem do Estado”. Marcelo disse que saiu do encontro de Três Lagoas “fortalecido e seguro de que estamos no caminho certo: dialogando, ouvindo as pessoas e mostrando nossos resultados. Peço que analisem nossas propostas e decidam com a razão”, finalizou.     


Assessoria

Enquete

Mural de Recados

Postar Recado