13/11/2017 às 17:46:00

IFMS realiza primeira revalidação de diploma técnico obtido em outro país

Redação


Única instituição de ensino do Estado apta a revalidar diplomas de cursos técnicos obtidos no exterior, o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) realizou sua primeira revalidação, certificando o italiano Giacomo Tibaldo como Técnico em Agropecuária.

 

A revalidação foi assinada pelo reitor Luiz Simão Staszczak no dia 26 de outubro. A partir de agora, o profissional está certificado para realizar as atividades profissionais que sua qualificação o permite.

 

Tibaldo, 21 anos, reside atualmente no município de Costa Rica, e apresentou a solicitação de revalidação no Campus Nova Andradina. Com seu certificado revalidado, o italiano, que trabalha no Brasil há cerca de um ano e meio, vislumbra um crescimento profissional.

 

"Esta revalidação é muito importante para mim, pois agora posso solicitar minha carteira profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia e, com ela, assinar pela minha empresa", explicou.

 

Animado com a nova possibilidade, ele falou também sobre planos futuros. "Quero seguir trabalhando e crescendo. Se algum dia surgir oportunidade de estudar aqui no Brasil, em uma área que eu goste, penso também em fazer um curso superior", finalizou.

 

Revalidação - Para solicitar a revalidação de diploma de cursos técnicos feitos em outros países, o interessado deve procurar a Central de Relacionamento (Cerel) dos campi do IFMS, entre os meses de janeiro e novembro.

 

A instituição conta com unidades em Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

 

O diretor de Gestão Acadêmica (Dirga) da Pró-Reitoria de Ensino (Proen), José Ricardo Silva, ressalta que tanto brasileiros como estrangeiros residentes no Brasil (com visto permanente) podem solicitar a revalidação de diplomas. "Caso tenhamos algum acordo de cooperação com o país onde foi feito o curso, torna-se mais ágil a tramitação do processo", destacou o diretor.

 

A revalidação de diploma de cursos técnicos obtidos em países estrangeiros é uma das ações e programas do IFMS, devidamente regulamentado e aprovado pelo Conselho Superior (Cosup), órgão colegiado máximo da instituição.

 

Procedimentos - O interessado (ou seu procurador) deverá preencher o requerimento de revalidação de diploma e entregar juntamente à documentação requerida:

 

Estes documentos devem estar autenticados em cartório ou acompanhados dos originais. Já a tradução dos documentos expedidos em língua estrangeira deve ser realizada por tradutor público ou intérprete comercial.

 

Após a entrega da documentação, o interessado recebe um protocolo e o processo vai para análise da direção-geral do campus. Caso o campus oferte curso relacionado ao diploma apresentado, será criada uma comissão para análise do pedido. Caso não haja curso relacionado, o processo será encaminhado à Proen, que buscará campus que oferte curso relacionado ou indeferirá o pedido.

 

O IFMS tem o prazo de até 90 dias, a partir da data do protocolo, para responder o pedido, prorrogável por igual período.

 

Após análise da comissão, o candidato será submetido a um exame e/ou prova de conhecimentos. Para isso, o requerente poderá ainda realizar estudos complementares no IFMS ou em outra instituição de ensino.


Assessoria