07/05/2018 às 10:56:00

IFMS lança edital para atender demandas do setor produtivo

Redação


Pesquisas desenvolverão produtos ou serviços em parceria com instituições públicas ou privadas.

 

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) publicou nessa quinta-feira, 3, o edital para seleção de projetos de pesquisa aplicada e extensão tecnológica. As propostas aprovadas terão financiamento de até R$ 116 mil, valor que será utilizado no custeio dos projetos e concessão de bolsas para pesquisadores e estudantes.

Cada proposta deverá estar vinculada a uma instituição parceira demandante, pois o objetivo deve ser a solução de problemas reais do setor produtivo e da sociedade, com foco no desenvolvimento de produtos, processos e serviços tecnológicos.

As regras da seleção e participação estão disponibilizadas no edital nº 035/2018, publicado na Central de Seleção.

Os projetos deverão ser desenvolvidos por um período de 12 meses. 

Submissão - Deverá ser feita entre 8 de maio e 23 de julho. O proponente deve ser, necessariamente, docente do IFMS.

 

As propostas devem ser submetidas no módulo Pesquisa do Sistema Unificado da Administração Pública (Suap). Além do projeto, dos planos de trabalho e da indicação dos bolsistas, o docente deverá anexar um video pitch, onde apresente as necessidades demandadas pela instituição parceira.

No ato da submissão do projeto, o proponente deve preencher os itens listados no módulo Pesquisa do Suap e anexar os formulários e documentos solicitados no edital.

As propostas submetidas poderão, ainda, receber solicitações de adequação pelas pró-reitorias de Extensão (Proex) e de Pesquisa e Inovação (Propi).

As inscrições deferidas deverão ser divulgadas no dia 2 de agosto, e o resultado preliminar no dia 22 do mesmo mês.

Proponente e bolsistas - O docente que fizer a proposta deverá dispor de 8 horas/aula semanais (equivalente a 6 horas relógio) para o desenvolvimento do projeto. Dentre outros requisitos, não pode estar com pendência em programas geridos pela Proex, Propi e outras instâncias do IFMS.

Cada projeto poderá ter um estudante bolsista de nível superior, ou até dois de nível médio. Os indicados devem ter currículo cadastrado na Plataforma Lattes.

Para desenvolver o plano de trabalho, o bolsista de nível médio deverá cumprir carga horária mínima de cinco horas semanais. Estudantes do nível superior deverão dedicar 20 horas por semana às atividades do projeto.

Auxílios - Os recursos disponibilizados por este edital deverão ser utilizados para o financiamento dos itens de custeio dos projetos e para o pagamento de bolsas para estudantes e/ou professores, sendo que todos os valores devem constar no orçamento total da proposta submetida.

O custeio compreende, entre outros, materiais de consumo, componentes e/ou peças de reposição de equipamentos, software, instalação e serviços de terceiros (pessoa jurídica).

As bolsas serão divididas nas modalidades pesquisador (proponente), estudante de nível superior e estudante de nível médio, conforme previsto no Programa de Iniciação Científica e Tecnológica do IFMS (Pitec)

O pesquisador recebe uma bolsa de R$ 600,00, por até três meses. Para estudantes de nível superior, o valor é de R$ 400,00, e para os de nível médio é de R$ 100,00, em ambos os casos por um período de 12 meses.

Instituições Parceiras - A instituição demandante do problema que será objeto do projeto de pesquisa aplicada, caso a proposta seja selecionada, irá formalizar um acordo de cooperação com o IFMS. Sua contrapartida será de, no mínimo, 10% do valor requisitado para financiamento do projeto.

O parceiro deve ser idôneo e apresentar regularidades fiscal e trabalhista, bem como documentos que comprovem sua habilitação jurídica, os quais serão verificados no momento da celebração do acordo junto à Proex.

Ao final da execução do projeto, o parceiro deverá emitir parecer técnico declarando se o produto ou serviço gerado no IFMS atendeu ou não a seu problema e/ou necessidade.

 

Texto originalmente publicado em: http://www.ifms.edu.br/noticias/ifms-abre-selecao-de-projetos-de-pesquisa-aplicada-e-extensao-tecnologica

Assessoria