07/03/2018 às 13:15:00

Simone Tebet leva grito da fronteira para Sessão temática sobre segurança pública do Senado

Redação


A senadora Simone Tebet (MDB-MS) disse que recebeu um “pedido veemente por socorro” da população de Ponta Porã-MS, que fica na divisa com Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Em sessão temática no Senado sobre segurança pública, a senadora trouxe o “grito” dos moradores daquele município que clamam por um basta na violência. “O povo de Ponta Porã lançou um movimento chamado “Fronteira Segura – Reage Ponta Porã!”, que poderia se chamar Reage Fronteira, porque Ponta Porã sintetiza os reclamos de toda a população dos mais de 300 municípios da fronteira seca no Brasil. Quem sabe, Reage Brasil”, disse.  

O Movimento Fronteira Segura – Reage Ponta Porã, reúne Associações, Igrejas, Sindicatos, Lions, Rotary e lideranças comunitárias. A senadora citou documento do Movimento que reivindica por unidades prisionais, estrutura para as polícias que vão de viaturas, combustíveis a delegacias, armamento e treinamento adequados.

A senadora sul-mato-grossense reiterou a necessidade de atacar as verdadeiras causas da violência. “Não adianta enxugarmos o gelo, por maior que seja a sua ponta visível, se não conhecermos o tamanho do iceberg”, disse ao reforçar que não é contra as ações do Governo Federal no Rio de Janeiro.

Contingenciamento

Para Simone, um desafio importante é acabar com o corte de recursos para viabilizar a implementação de ações na segurança pública e pediu ações específicas para a fronteira no Plano Nacional de Segurança Pública. “É preciso uma intervenção imediata na causa, e não apenas nas consequências do problema da violência. É preciso fechar o cerco, combater o crime organizado onde ele se inicia”, defendeu.

Assessoria

Enquete

Mural de Recados

Postar Recado