22/08/2018 às 16:51:00

Estudantes do IFMS apresentam projetos de negócios na Feira do Empreendedor 4.0

Redação

Desenvolver projetos de negócios e ideias inovadoras para abertura de empresas. O que para muitos é uma realidade distante tem se tornado concreto para estudantes do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), que por meio da Incubadora Mista e Social de Empresas (TecnoIF) busca fomentar o empreendedorismo inovador.

Uma amostra dos resultados alcançados pela incubadora foi apresentada no último dia 17, na 7ª edição da Feira do Empreendedor 4.0 do Sebrae/MS, realizada em Campo Grande. 

Estudantes com projetos pré-incubados apresentaram, em um dos principais eventos sobre empreendedorismo no Estado, seus projetos de negócios, com o detalhamento da ideia e a viabilidade econômica.

A primeira estudante a conduzir seu talk foi Sara Machado, do Campus de Aquidauana, que apresentou o “Biogás em Comunidades Indígenas”. A jovem destacou a principal motivação da ideia. “Este projeto é voltado para uma questão indígena, o que me motiva por também ser indígena”, afirmou a estudante do curso técnico integrado em Edificações.

A ideia é produzir gás de cozinha por meio de um biodigestor, para que as comunidades indígenas possam substituir os fogões à lenha por fogões a gás, com benefícios sociais, econômicos e ambientais.

A professora de Química, Valquíria Ferreira, é a orientadora do projeto. “Busco fomentar, por meio de projetos, o interesse pela área, pois os estudantes aprendem participando dos processos. A Sara tem se destacado por buscar  coisas novas. E isso frutificou sua ideia, saindo da teoria para a possibilidades de melhorar qualidade de vida da comunidade onde vive”.

Verticalização - O estudante Aderbal Cabral Junior apresentou o projeto “Alternativa para a Piscicultura”, que estuda a viabilidade para criação de pintados em tanques circulares com recirculação de água.

Aderbal é egresso do curso técnico em Aquicultura e, atualmente, acadêmico do bacharelado em Engenharia da Pesca, ofertado pelo Campus Coxim do IFMS. O estudante possui formação ainda como técnico em Arquitetura, em Contabilidade, e formação superior em Tecnologia de Automação de Escritório.

“Desde a época do curso técnico em Aquicultura que estou envolvido com o laboratório de reprodução com recirculação de água”, explicou o estudante. “Meu sonho era cursar engenharia, o que aconteceu aqui no IFMS”, completou.

Sobre a participação na Feira do Empreendedor 4.0, Aderbal não escondia a satisfação.“É um orgulho poder representar o IFMS, o campus, a cidade, o coordenador do projeto. É uma emoção mostrar que não há limites para quem busca seus objetivos. Eu gaguejava, não gostava de falar, de ler, e hoje estou aqui apresentando um projeto de negócios em uma importante feira de empreendedorismo”, comentou.

Outras ideias - O “Copo Comestível para Café” foi apresentado pela estudante Glenda Martins, de Jardim. O projeto passou pela fase de pré-incubação e foi certificado pela TecnoIF. A ideia despertou o interesse do público, que fez perguntas sobre o produto e sua viabilidade econômica.

A ideia de se criar o "Chat Box" foi apresentada pelos estudantes Carlos Silva e Natalia Cozi, de Nova Andradina. O projeto consiste na produção de um fotômetro portátil que possibilita o monitoramento da qualidade do solo, sendo uma alternativa para pequenos agricultores que não podem custear análises de laboratório.

Os estudantes William Ferreira e Kelvin Barbosa, de Três Lagoas, apresentaram o “Oásis Solar”, um projeto de de negócio que prevê a instalação de quiosques que possibilitem o carregamento de energia de dispositivos móveis e acesso à internet, usando como matriz energética a energia solar

Do Campus Aquidauana, vieram ainda os projetos “Forro Térmico”, dos estudantes Caio dos Santos e Andrey Orue; e “Óculos de Realidade Virtual”, de Victor Arevalos. O Campus Corumbá levou ao evento um projeto de negócio virtual voltado à temática “nerd”. 

Do Campus Campo Grande foram apresentados modelos de negócios na área de moedas virtuais (Bitcoin), esse desenvolvido por Mariana Brito e Arthur Bueno; e o "Xcape", um jogo onde os participantes precisam vencer desafios para sair de uma sala. A ideia é desenvolvida por Gabriel Lima, Mateus Amado, Igor Alessandro, Rodrigo Costa, Yuri Amaral e José Vicente Júnior.

Apoio - Os estudantes do IFMS participaram da Feira do Empreendedor 4.0 com apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (Propi) e dos campi de origem, com pagamento de ajuda de custo para hospedagem e passagens.

Segundo a coordenadora de Empreendedorismo Inovador, Rhasla Wanderley, a participação no evento foi um momento importante de reconhecimento e novas oportunidades.

“Com os talks podemos dar visibilidade para os projetos inovadores do IFMS, estabelecer contatos com empresários, possíveis investidores para as pesquisas e, ainda, motivar os alunos a continuar seus trabalhos, pois os resultados são motivadores para os demais estudantes da instituição”, destacou.

TecnoIF - Está presente em sete campi da instituição: Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Jardim, Naviraí, Nova Andradina e Três Lagoas.

A incubadora é um agente facilitador do processo de geração e consolidação de empreendimentos inovadores, por meio da formação complementar de empreendedores em áreas compatíveis, em seus aspectos técnicos e gerenciais, com as atividades de ensino, pesquisa e extensão oferecidas pelo IFMS.

Anualmente, são lançados editais de seleção de projetos para pré-incubação e incubação de empresas, para que os estudantes recebam apoio gerencial, suporte técnico e capacitação, visando à formação do perfil empreendedor e o desenvolvimento do negócio proposto.

Texto publicado originalmente em http://www.ifms.edu.br/noticias/estudantes-apresentam-projetos-de-negocios-na-feira-do-empreendedor-4.0.

--

Assessoria

Enquete

Mural de Recados

Postar Recado